domingo, outubro 02, 2011

As Poéticas Crônicas De Asin Du An No In - Somente De Mim Vem O Fogo - Canto XXIV


Sou O Senhor Da Geração

Da Verdadeira Forma

Do Viver.

Exalto A Todo Filho Meu

Que Verdadeiramente Vive

A Cada Dia

Aprendendo A Não Odiar,

Aprendendo A Não Separar,

Aprendendo A Amar

E Aprendendo A Ajuntar.

Não Quero Obras

Pela Metade,

Quero Obras Por Completo

No Coração Dos Verdadeiros

Filhos Meus.

Meus Verdadeiros Filhos:

Filhos Da Chama Do Amor

Que Eu Sou.

Meus Verdadeiros Filhos:

Filhos Da Chama Da União

Que Eu Sou.

Meus Verdadeiros Filhos:

Filhos Da Chama Da Verdade

Que Eu Sou.

Meus Verdadeiros Filhos:

Filhos Da Chama Do Fogo

Que Eu Sou.

Nunca Abandono Aos

Fiéis Discípulos Das

Minhas Chamas,

Eu Sou Jeová,

Eu Sou O Pai,

Eu Sou O Filho,

Eu Sou O Espírito Santo,

Eu Sou O Ser Que Vos Dá

O Sopro De Fogo

Para O Mover Do Fôlego

Dos Vossos Pulmões.

Guerreio Contigo

Verdadeiramente Vivo

Quando O Vosso Coração

Verdadeiramente Vive

Em Vós.

Guerreio Por Ti,

Falo Com Todos Que

Verdadeiramente Me Desconhecem,

Se Me Deres A Verdade

Mais Profunda Do Teu Coração.

Vivam Em Mim.

Verdadeiramente Vivam

Em Mim.

Eu Vivo Em Tudo.

Eu Vivo Em Todos.

Eu Vivo Nos Mundos.

Eu Vivo Nos Frutos.

Sou A Vida Na Árvore Do Todo.

Nenhum comentário: