quinta-feira, junho 18, 2009

MENSAGEM DE ASAS ABERTAS - A REABERTURA DAS POSTAGENS DESTE BLOG


Inomináveis Saudações a todos vós, leitores virtuais.

Há cinco meses atrás dei como findadas as postagens deste blog que aqui encontra-se, pois a narrativa de Asin Du An No In precisava de um término, pois nenhum escritor pode escrever uma história infindável. Caso não fechasse a narrativa, que dividi-se em seis partes, como especificada no último post que publiquei neste blog, eu a tornaria algo insosso, monótono e que para muitos seria desnecessário acompanhar.

Durante estes cinco meses, no entanto, escondido bem aqui, bem aqui dentro de mim, havia a semente de um novo caminho para este blog, que é, para mim, muito importante. Como todos os meus trabalhos virtuais, nele eu me entreguei por inteiro, dei-me com toda minha alma a ele, deixei aqui mensagens recebidas por Guias Inomináveis, estes que me indicaram o retorno a este trabalho, o retorno ao Caminhar De Asin Du An No In.

Nos últimos dias pensei muito, planejei muito e, enfim, decidi por retomar as postagens deste blog. Não como antes, mas, agora, tomando o Caminho Poético mais puro, já que a essência daqui se baseia exatamente em uma Poesia Mística-Oculta-Transcendentalista advinda d'alma minha, inspirada por aqueles mesmos Guias Inomináveis. A Estes tudo devo, tudo, tanto nas Luzes quanto nas Trevas, pois cada trabalho meu, em seu todo, é o que Eu Sou, e não posso negar os dois lados e, se negasse um deles, estaria negando a minha própria existencialidade.

Que saudades de ti, Ain Du An No In, que saudades...

Cinco meses, meu amigo...

Cinco meses...

Cinco, o número do Papa no Tarot...

O Papa, O Guia, O Mestre...

The Guide, a pintura que ilustra esta postagem, de Freydoon Rassouli, um dos meus pintores preferidos, mostra uma Elevada Mulher a apontar um Caminho. A Fêmea Iniciadora não nego que me guia, e em unísssono, em Equilíbrio, com O Grande Iniciador, fecundam-me e a todos que estão envolvidos com A Arte, com todas as formas da Arte. O Feminino, O Masculino, O Um, aqui reunidos para a retomada do Bater de Asas.

Ao Equilíbrio dedico esta Retomada.

Em lágrimas, dedico à minha mãe material, que me criou sozinho, que me deu tudo, que me fez o Ser que eu sou, Nilza Coelho de Souza, esta Retomada.

Eu, Inominável Ser, Giovani Coelho de Souza, assumindo e afirmando a mim mesmo como o autor deste blog e de todos os trabalhos que levam a minha espiritual marca, dedico esta Retomada ao Um.

O Um Que É A Mãe.

O Um Que É O Pai.

O Um Que É O Inominável Desconhecido E Outros Mais.

Com A Força Do Um, reinicio as postagens deste blog com As Poéticas Crônicas De Asin Du An No In - O Anjo Inominável Do Amor, dividido em vinte e dois cantos conforme os vinte e dois Arcanos Maiores Do Tarot.

Aos leitores que acompanham este blog e aos visitantes, afirmo que este blog retoma sua trajetória nas Asas Da Poesia, esta que é Infinita, Fecunda E Eterníssima!

E sob a Proteção, Inspiração e Condução deste Arcano:



Saudações Inomináveis a todos vós, leitores virtuais.

4 comentários:

Hellena disse...

Muito interessante a proposta.
Gostei
Bjssssssss

Inominável Ser disse...

Uma proposta que apresentará a poesia de um Anjo, que há muito aqui caminha... Acompanhe, divulgue, aprecies, Hellena, bata aqui as suas asas...

Agradeço-lhe, mais uma vez, por acompanhar os meus trabalhos.

Z disse...

Saudações ISer...novos voos, te desejo longas e fortes asas.

Até.

Inominável Ser disse...

As batidas, Z, serão bem fortes, bem poderosas, bem calorosas, medidas pelo Encontro do meu Ser com O Alto, em equilíbrio com O Baixo, em equilíbrio com O Mais Baixo. Asas Batidas Com Extremos Vôos Bem Altos, Bem Altos, Bem Altos...

Agradeço-lhe pelo comentário e, quando quiser, batas aqui as vossas asas.