sábado, junho 20, 2009

As Poéticas Crônicas De Asin Du An No In - O Anjo Inominável Do Amor - Canto III


Uma valsa encantada

toca na noite,

vai pelas madrugadas,

chega às manhãs,

dispensa louvores

durante todo o dia.

A Rainha Das Luzes

e A Rainha Das Trevas

são apenas Uma

Em Duas,

nascendo de Sua

Sagrada Comunhão

A Grande Mãe

que O Anjo Inominável

Do Amor

protege com todo

Seu louvor.

As melodias da valsa,

ouvida quando serenas

as criaturas da Terra

se fazem,

espantam a fraqueza,

espantam a indiferença,

espantam as desavenças,

espantam as injúrias,

espantam as injustiças,

espantam as desagregações,

espantam as desarmonias,

espantam o descaso,

espantam a cegueira,

espantam a falta de Amor.

Amor,

O Anjo fala do

Amor,

que não é o humano

amor das carnes,

que não é o humano

amor que é mais posse

do que genuíno

Amor.

O Anjo,

em Suas Melodias

De Inomináveis Celestes

Valsas,

fala do Amor que as Eras

mais antigas desta Humanidade

veneravam.

O Anjo fala do Amor

que fez uma guerra cessar

com todos os guerreiros

abraçando-se

e chorando.

O Anjo fala do Amor

que fez aquele pai perdoar

o filho injusto que,

choroso e arrependido,

lhe pediu perdão por dele ter

se afastado.

O Anjo fala do Amor

que fez aquela mãe

proteger seus filhos

das águas de uma enchente

que levou-a para longe

deles,

salvando-os aos risos

de desapegada felicidade.

O Anjo fala do Amor

que fez mil assassinados

em torturas e fogueiras

perdoarem o seu carrasco,

que hoje dança

nas Esferas Da Verdade.

O Anjo fala do Amor

que fez a maravilha

dos fortes de braços dourados

erguer aos Pais Do Alto

as pirâmides de uma

civilização solar.

O Anjo fala do Amor

que tem A Face

Da Estrela,

que tem A Face

Do Sol,

que tem A Face

Da Lua,

que tem A Face

Dos Cometas.

O Anjo fala do Amor

que brilha ali na

fossa,

que brilha lá na

bela morada,

que brilha acolá na

casa-de-barro.

O Anjo fala do Amor

que Dança

a nos seduzir,

que Dança

a nos namorar,

que Dança

a nos esposar.

O Anjo fala do Amor

que ouvido é através

da Valsa Eterna

Da Juventude Dos

Espíritos,

uma Face dentro dos

humanos seres

da Terra,

uma face dentro dos

animais

da Terra,

uma face dentro dos

demais seres

da Terra.

A Valsa toca

sem cessar,

ouçam-na,

O Anjo Ama-vos

e vos faz ouvi-La...

Dancem,

O Anjo Ama-vos

e vos faz ao som Dela

Dançar...

Amem,

O Anjo Ama-vos

e qual Valsa incessante

quer vos fazer também

Amar...








Nenhum comentário: