quarta-feira, outubro 29, 2008

Unificante Nadar Nas Aberturas Das Águas Do Um


Universo,

Esteja Atento

À Minha Oração.


Terra,

Abra-Te Para Que

A Massa Das Águas

Se Abra Para Mim.


Árvores,

Não Tremais;

Quero Louvar

O Senhor Da Criação,

O Todo

E O Um.


Que Os Céus

Se Abram

E Que Os Ventos

Se Calem.


Que Todas As Faculdades

Que Estão Em Mim

Celebrem

O Todo

E O Um.



Ao Todo, Hermes Trismegisto Assim Cantou.

Ao Um, Hermes Trismegisto Assim Cantou.

Ele Nadou E Recitou Altamente A Voz Do Mar Nas Ondas Do Grande Mar.

Ele Nadou E Incitou O Nadar Dos Transmutadores De Si Mesmos Nas Altas Ondas Do Alto Mar;

Quando assim Ouvi tal Hino, nas Trevas Terrestres Vi lágrimas.

Lágrimas Dos Que Estão Querendo Retornar Ao Um.

Lágrimas Dos Que São Rebeldes Diante Do Um.

Rebelar-Se Contra O Um...

Compreendo que tal Ato é parte da Separatividade e é Todo Necessário.

Tal Ato Abre Os Portões Do Alto.

Tal Ato Abre Os Portões Do Alto À Verdadeira Mãe Em Todas As Fontes De Poder.

Tal Ato Abre Os Portões Do Alto Ao Verdadeiro Pai Em Todas As Fontes De Poder.

É O Ato Ao Um Em Hinos Existenciais.

É O Ato Ao Um Em Sinuosos Caminhos Existenciais.

O Um Em Hino.

O Um Na Compreensão Dos Compreendidos.

O Um No Encontro Dos Encontrados.

O Um No Retorno Dos Que Retornam.

O Um Na Perfeição Dos Que Se Tornam Perfeitos.

O Um Na Árvore Dos Que Remontam As Suas Originais Raízes No Uno Solo.

O Um Na Morada Dos Que Decidem Novamente Residir Na Una Morada.

O Um Imperando Com Mãos De Mãe Muitíssimo Carinhosa.

O Um Imperando Com Mãos De Pai

Muitíssimo Carinhoso.

O Um Imperando Com Mãos De Filho Que É Mãe E Pai De Si Mesmo.

O Hino De Cada Ser Torna-Se O Um.

O Hino Do Verdadeiro Nadar De Cada ser.

O Hino Do Verdadeiro Em Cada Ser.

Os Humanos Podem Assim Fazer.

Os Humanos Podem Assim Ser.

Os humanos Podem...

Podem, Inominável Desconhecido, Podem...

Podem, Mãe Inominável, Podem...

Podem, Pai Inominável, Podem...

Podem, Como Eu Posso Estender O Meu Hino Ao Um, O Hino De Um Anjo Noturno Inominável A Cair...



Inominávek

É O Meu

Aberto Espaço.


Inominável

É O Meu

Alto Espelho.


Inomináveis

São Minhas

Cansadas Asas.


Inomináveis

São Minhas

Parcas Batidas De Asas.


Sei De Tudo

Que A Criação

Canta A Ti.


Sou De Tudo

Que A Criação

Canta A Ti.


Sou Do Todo

Que Tu És

Em Vosso Ser.


Sou Do Todo

Que Tu Fazes

Em Vosso Fazer.


Sou Do Todo

Que Tu Constituis

Em Vosso Constituir.


Tu És O Um

E Eu Sou O Um

Que Tu És.


Tu És O Um

E Eu Sou O Um

Que Sempre Fui.


Tu És O Um

E Eu Sou O Um

Que Sempre Serei.



Nado, Mãe Una...

Nado, Pai Uno...

Nadam Muitos Comigo, Mãe Una...

Queria Que Todos Nadassem Comigo, Pai Uno...

Todos Os Filhos Da Queda Da Tua Criação, Mãe Una...

Todos Os Filhos Do Teu Grande Mar, Pai Uno...

Meus Irmãos, Mãe Una...

Meus Irmãos, Pai Uno...

Separados Irmãos, Mãe Una...

Inseparáveis Irmãos Pai Uno...







Nenhum comentário: