sexta-feira, março 09, 2007

Da Inominabilidade - Parte XXXII


- As creaturas igualmente não devem classificar-se e classificá-Lo. Pensar Nele apenas e amá-Lo com fé incondicional, incondicionada e incondicionante é A Incondicionadora Simplicidade Mais Perfeita. As Palmas Do Kosmos São Recebidas Pelos Perfeitos Receptores Do Pensamento, Os Místicos Racionais Inomináveis, puros pensadores que voluntariamente devotam as suas existências aos estudos acerca do Pensador que dotou-lhes do Pensar. A Alegria Do Kosmos Repousa Nos Indivíduos Que Transcendentalmente Servem A Toda A Una Creação Buscando-O, Analisando-O E Revelando-O Em Palavras Que São Fogo Iluminante No Papel E Em Vozes Que São Bálsamos Transcendentes D’Alma Mais Pura Nos Mais Místicos Discursos À Multidão, mesmo que esta mesma multidão jamais compreenda, Em Inteira E Pura Verdade, Cada Palavra Misticamente Orientada A Iluminar-Lhe, Irmãos Existenciais Inomináveis. O Êxtase Do Kosmos Desce Ao Espírito Desses Marinheiros Do Mar Do Inominável Navegante Pensador na forma de visões unificadoras dos seus pensamentos e profecias diretoras de civilizações. Sempre absortos no Kosmos, Os Místicos Racionais Inomináveis, mesmo por meio de palavras compreensíveis à multidão comum, falaram do Inominável neste mundo e em outros. Racionalmente deve-se admitir que a Humanidade não é solitária organização de seres vivos na Una Creação e o não-admitir isto é uma imbecilidade existencial. Há Místicos Racionais Inomináveis e Não-Místicos Racionais Inomináveis, assim como os que estão iniciando-se no Misticismo Racional, em todos os Universos da Una Creação desconhecidos pelo Homem. Este não vive isolado na Obra Pensada Moldada, como muitos nesta civilização na qual vamos Enxugar Lágrimas, Irmãos Existenciais Inomináveis, crêem e vêem; e, quando um ente pertencente ao Gênero Humano destaca-se como Místico Racional, oculta ou abertamente ao mundo, seja de qual Fonte De Poder ele for, sente a existência de outros mundos povoados e O Kosmos A Povoar-Lhe Todo. Agudas e suaves intuições espirituais, ativadas mutavelmente pela Intuição Transcendental Pura Inominável, dão ao Místico Racional Inominável O Banho Cósmico Das Maravilhas Cósmicas Dos Caminhos Cósmicos Do Pensador. O Místico Racional Inominável, Mutável No Kosmos, percebe que as classificações condicionadas de tudo são Lesões Ao Pensar E Ilusões No Pensamento. Os considerados neste mundo “maus”, quando guiados pelos seus pensamentos a saberem o que são, podem ver e sentir a companhia de outros seres em outros mundos com o Kosmos a habitar-lhes existencialmente. A fé é igual nos “puros” e nos “impuros”, termos condicionadamente pensados como classificatórios do Ser Eterno Dos Seres Humanos. Humano, O Místico Racional Inominável Transcendentaliza-Se No Compreender Do Que É A “Pureza” E Do Que É A “Impureza”. Incondicionado, O Místico Racional Inominável Nota Que O Puro Pode Ser Impuro E O Impuro Pode Ser Puro, dependendo daquele no qual a sociedade remete à “pureza” ou à “impureza”. Misticamente Racionalizado Inominavelmente É O Poder Não-Classificador Do Místico Racional Inominável, O Poder Que Clama Sempre Pelo Não Condicionar-Se No Classificar. Tudo Na Mente Mística Racional Inominável É Mutável, Pois A Fixidez Gera Cegueira E Atraso Tão Dantescos Que Os Por Ela Afetados São Incapazes Do Ver E Do Sentir Cósmicos. Tudo No Pensar Do Pensador É Mutável, Descobrir Isto Faz Do Místico Racional Inominável Um Participante Da Mutabilidade Inominável Navegando Mutavelmente Pelo Kosmos Como Mutável Senda De Descobertas Incessantes.




Nenhum comentário: