quarta-feira, fevereiro 21, 2007

Da Inominabilidade - Parte XX


- Chegam Aos Seres Exaustos De Alimentarem-Se De Pedras Em Todos Os Seus Atos De Tentarem Alimentar-Se De Deliciosos Condimentos Fertilizadores Idéias Inomináveis Sobre Verdades Inomináveis. Idéias Inomináveis Altas De Altas Idéias Inomináveis não chegam aos Não-Intuitivos Verdadeiros, os quais acostumam-se com O Alimentar-Se Das Pedras Que Em Si Ajuntam Assimiladas Em Seus Organismos Existenciais. As Verdades Inomináveis Da Verdade Inominável, esta amada desconhecida até para muitos que autointitulam-se ou já autointitularam-se ou foram intitulados “sábios” no presente e no passado, e continuarão autointitulando-se e sendo intitulados no futuro, são Os Alimentos Definitivos E Verdadeiros Que São Consumidos Pelos Intuitivos Verdadeiros, estes que assim são capazes de alcançar O Caminho Inominável. Fechar Os Lábios D’Alma, Corpo, Mente E Espírito Para As Pedras, Abrindo-Os Para O Alimento Definidor De Inomináveis Alimentos, É Descobrir Em Nascedouro Despertar De Infinitos Despertares O Caminho Do Inominável Desconhecido. Os Que Alimentam-Se Neste Caminho, Seja Olhando Para O Algo Alto Escondido Perto Do Que Pode Ser Descoberto Ou Para As Coisas Objetivas Do Mundo Invisível, no qual Intuitivamente Racionais Puros Inomináveis Caminham, são Os Místicos Racionais Inomináveis. Estes não estão acima dos humanos comuns porque também são Filhos Da Humanidade, mas não são dogmatizadores ou seguidores de leis, São Mutáveis E Conhecem Tudo Verdadeiramente E Inominavelmente Ao Caminharem Verdadeiramente No Caminho Da Fonte De Poder Inominável. Os humanos comuns foram os que instituíram, instituem e instituirão dogmas e leis religiosas ao que ignorantemente denominaram “Deus” e “Religião”. “Deus” não é O Inominável. Religião externa não é religação com O Inominável. Os Místicos Racionais Inomináveis advindos do Seio Da Humanidade Quedante não são invencionices deste Filósofo Inominável, vós o Sabeis, Irmãos Existenciais Inomináveis; todo humano comum, se a vontade espontânea de uma Elevação Existencial Verdadeira lhe dominar, está capacitado a Misticamente Ser Racional Inominavelmente Seguindo O Caminho Da Fonte De Poder Inominável. Não Há Um Dia Distante E Não Há Uma Noite Eterna Perturbadora Para O Aprender E O Apreender Do Que É Ser Misticamente Racional Inominável. Não Há Trovoada Dispersante De Verdadeiros Anseios Por Um Algo Maior No Inteligível Captável Pelo Misticamente Ser Racional Inominável. Um Raio, O Raio De Um Maravilhoso Brilho Inominável, O Raio Inominável, Ultrapassa O Verdadeiro Ser Dos Humanos Comuns Que Transmutam-Se Em Místicos Racionais Inomináveis. O Raio, Neles Caindo, Ascende-Os Ao Poderio Do Visualizar Das Metas De Tudo Moldado Imaterial E Materialmente Pela Consciência Inconsciente Inominável. Consciência Consciente Quando A Mutabilidade Universal Move O Moldar De Novas Obras Dentro Da Obra Inominável. Consciência Inconsciente Quando O Mover Mutável Do Moldado Assume O Próprio Moldar De Novas Obras Dentro Da Obra Inominável. Consciente e Inconscientemente, O Místico Racional Inominável É O Raio Caindo E Ascendendo Em Si Mesmo Sendo Inominavelmente O Sentir Do Mover De Cada Átomo Mínimo E Máximo Da Obra Inominável. E ele pergunta-se, já sabendo antes da pergunta a nítida resposta, isto, ao pensar nos humanos comuns: o que eles denominaram de “Deus” sendo como eu inferiores e imperfeitos diante do Inominável Desconhecido Que Não Ouso Nomear Conhecido? E este Filósofo Inominável pergunta ao Místico Racional Inominável que em vós, Irmãos Existenciais Inomináveis, ele está a Fazer Despertar: O Que É O Inominável Desconhecido Que Não Pode Ser Conhecido Através De Todo Nome Humanamente Moldado Que O Faça Conhecido?

2 comentários:

Lord of Erewhon disse...

Começa-se pela Pedra... caminha-se... a Luz está ao fundo... Negro.

Abraço.

Inominável Ser disse...

Inomináveis Saudações, Lord Of Erewhon.

Na Pedra, O Pisar Na Pedra, recomenda cautela, recomenda instantes de plena cautela... Pisar Corretamente Na Pedra... Submeter-Se Ao Caminhar Na Pedra... Ela Ensina... Ela Mede... Ela Eleva... Ela Ativa... Ela Atiça... Ela Concede... Ela Atrai... Ela Retira... Ela Inspira... No Instante Maior, porém, Ela Faz A Luz, Ela Possui A Luz, Ela É A Luz...

A Luz no fundo... No Vazio... No Abismo... No Negro... O Vermelho Aponta-Se Perto... Basta O Olhar Elevar-Se... Basta Querer Olhar... Basta Querer Ser E Ter Todo Olhar...

Saudações Inomináveis, Lord Of Erewhon.