quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Da Inominabilidade - Parte XIV


- Autotranscender-Se É Explorar As Pluralidades Intuitivas Transcendentais Puras Inomináveis Da Explorabilidade Do Pluralismo Contido No Ato Puro Do Transcender Puro Inominável. Autotranscendental, A Una Razão É A Logicidade Autêntica Das Infinitudes Puras Do Transcender Puro Inominável, pois nascida de um páthos espiritual transcendente a todo páthos concebível materialmente, apenas fala acerca da existencialidade singular dos Fenômenos Plurais antes da aparição formalizada fenomenológica. O Pluralismo Transcendental Puro Inominável, concretamente visualizado, isento de fragmentações elementares existenciais que desdobrem-No em fatos incoerentes que mentem sobre a sua Verdade Elementar Mutacionista, é O Parto Maior Do Momento Maior Que É Ver E Ser E Ter Mutavelmente Transcendente Em Si Uma Verdade De Verdade Da Verdadeira Verdade Das Verdadeiras Verdades. Na Visão Transcendental Pura Inominável Do Plural, Espírito Transcende Espírito, os princípios e o principal motivo do raciocínio, do Existir Elementar Da Inteligibilidade, do exibir grandioso do intelecto, são a objetividade subjetiva da racionalidade inicial na subjetividade objetiva da racionalidade parcial fundidas de modo incondicional e heterogêneo às duas, além do Supremo Mutável Automanifestador De Faculdades concebíveis apenas pelos não-métodos luzidios espirituais. De Modo Transcendental Puro Inominável encontram-se na Una Razão o objetivismo subjetivo inicial, a intuição do objetivo dos sujeitos pensados implícita no não-método especulativo que é o melhor dos métodos especulativos; e o subjetivismo objetivo parcial, a intuição da subjetividade dos objetos pensados explícita no não-método sensível que é o melhor dos métodos nascidos da sensibilidade. Contudo, acima do concebível dessas duas faces da Unicidade Racional, Irmãos Existenciais Inomináveis, a própria Una Razão destaca-se das mesmas no mesmo processo intuitivo pela visibilidade incondicionada de jamais falhar em suas concretizações. A Una Razão alcança terrenos muito mais além dos especulativos, do sensível, do supra-sensível e do extra-sensível. Os Unos Caminhos Metafísicos Transcendentais Puros Inomináveis independem até de uma seqüência perceptível à consciência racional que, quando condicionada, procura diligentemente a formação do começo, do meio e do fim de um algo subjetivizado ou objetivizado. Incondicionada nos rumos intelectivos transcendentais puros, a consciência racional esquece o início do início, o início do meio, o início do fim; o meio do início, o meio do meio, o meio do fim; o fim do início, o fim do meio, o fim do fim. O Incondicionamento Transcendental Puro Inominável é um Eterno Não-Início, Não-Meio E Não-Fim; Anti-Iniciador, Anti-Mediador E Anti-Finalizador Da Fenomenalidade. Sendo a antítese do condicionado e de todas as convenções dos condicionamentos, a Una Razão Incondiciona-Se Existente Através Dos Mecanicismos Da Racionalidade Inicial E Da Racionalidade Parcial. Transcendental pura Inominável, Ela considerará de modo diferente dos que a antecedem o perímetro do triângulo retângulo medido conforme o raciocínio prático do estudo da Geometria Oculta De Todas As Formas. Aprofundando esse raciocínio, Irmãos Existenciais Inomináveis: A Unicidade Racional Aprioristicamente Define O Significado Mais Lógico Do Porquê Da Medida Do Perímetro Oculto De Todas As Formas; Do Porquê Da Existência Do Triângulo Retângulo Oculto De Todas As Formas; E Do Porquê Da Exatidão Dos Cálculos Que Levaram-No A Ser Conhecido Fora Do Oculto De Todas As Formas. Ultrapassando esse nível antimetódico apriorístico, lançando mão de recursos latentes nas profundidades do Espírito Que Transcendeu-Se E Que Intui Transcendentalmente Puro Inominavelmente, Chegar-Se-Á Ao Estabelecimento Do Porquê Da Existência Do Perímetro Oculto De Todas As Formas E De Suas Medida Ainda Mais Ocultas Do Que Si Mesmo Antes De Serem Vistos Como Tais; Do Porquê Da Existência Do Triângulo Retângulo Oculto De Todas As Formas Antes Deste Ser Visto Como Tal; Do Porquê Da Existência Do Cálculo Geométrico Perimetral Oculto De Todas As Formas Antes De Ser Efetuado Como Tal; E Do Porquê Da Geometria Oculta De Todas As Formas Ser Como Tal No Mundo Fenomenal Da Ciência Oculta Da Matemática Oculta De Todas As Formas, Chegando-Se Até À Indagação Transcendental Do Porquê Desta Como Existente E Necessária Ao Homem, No Homem, Para O Homem Aos Que Fazem Parte Deste E Seguem O Caminho Da Fonte De Poder Inominável.

Nenhum comentário: