quarta-feira, janeiro 10, 2007

Exausto Idoso Caminhante De Asas Exaustas


Percorremos As Colinas Das Tristezas Eternas. Percorremos As Colunas Dos Fatídicos Estados. Percorremos As Florestas Antigas Das Auroras De Ouro Da Humanidade. Percorremos Vales Que Inominavelmente Se Dispõem Entre As Dimensões Astrais Terrestres. Percorremos Os Sendeiros Antigos De Sabedorias Inomináveis. Percorremos As Terras Esquecidas Das Antigas Verdades. Percorremos Os Tenebrosos Vales Das Trevas. Percorremos As Trevas Terrestres. Percorremos Outras Colinas... Percorremos Outras Colunas... Percorremos Outras Florestas... Percorremos Outros Vales... Percorremos Outras Terras Esquecidas... Percorremos Outros Tenebrosos Vales... Percorremos Outras Trevas Terrestres...

Alynne não Sabia por onde estava a caminhar. As minhas asas conduziram-na até aqui, Até Este Imenso Local Inominável De Toda Inominável Expansão De Todos Os Descansos Eternos. Aqui é uma caverna, Aqui É A Caverna De Todos Aqueles Que Não Se Sentem Mais Como Partes Das Coisas Inomináveis E Nomeáveis. A Caverna Dos Exaustos, nomeando-a. Todas As Cavernas Que Exaurem, inominavelmente interpretando o que é esta Dimensão Astral para todos que se refugiam de seus Deveres Existenciais.

Alynne não Sabe por onde agora caminha. As minhas asas conduzem-na neste emaranhado de cavernas. Sombras em todas. Anjos Caídos em todas. Humanos que aqui puderam chegar, em todas. Descemos ao que se pode nomear O Recinto Do Maior De Todos Os Exaustos. Descemos ao que eu posso inominavelmente interpretar como Todo Recinto Maior De Todos Os Seres Exaustos. Inomináveis Sentidos aqui se expandem. Inomináveis Sentidos aqui se escondem. Aurora nenhuma aqui. Aurora Exausta É Também O Nome Deste Recinto De Eterna Exaustão Para Um Daqueles Que Foram Os Maiores Seres Do Alto E Que Cairam. Crepúsculo É O Ser Daqui. Crepúsculo Exausto. Crepúsculo em cada Oculto Átomo. Crepúsculo Em Todos Os Ocultos Atos Exaustos Aqui Presentes.

Alynne Sabe quem está exaustivamente posicionado em uma poltrona de pedra, A Pedra Eterna Da Exaustão. Ele está sentado nela desde que eu Nasci Em Sopro No Alto. Ele está aqui, sentado na Pedra Eterna Da Exaustão, há inumeráveis Ciclos Eternos De Aeons. Ele me conhece e, pela primeira vez, ergue o seu olhar que desde que aqui chegou para o solo de pedra infértil ficou a mirar. Ele conhece Alynne, olha para ela e pela primeira vez fala após Tempos Silencioso Pela Sua Exaustão E Silenciado Em Exaustão...

- Por que me olhas assim, menina humana? Nunca vistes um Anjo Caído tão envelhecido, envelhecido como você, humana, envelhecerás?

- Desculpe-me, eu...

- Desculpas não são para mim válidas, não preciso das vossas desculpas.

- Senhor...

- Não sou seu Senhor e Senhores aqui são os solos exaustos que a toda caverna abençoam com a Eterna Exaustão, Alynne! Asin, o que queres? O que queres comigo?

- Seyin Jun Doh Nar Dar, Tua Luz precisa nos acompanhar.

- Queres que eu seja ao vosso lado, Caído Da Inominabilidade, e ao lado dessa menina humana, um "Enxugador De Lágrimas"? Se eternamente estou a tentar enxugar as minhas, como posso enxugar as dos demais?

- Não precisamos deste Ser Exausto e revoltado, covarde, que vemos diante de nós, Asin.

- Alynne, não...

- Revoltado... Covarde... - Seyin fita novamente o solo. - Não me revoltei contra Ele para Cair. Não fui covarde ao não lutar contra o meu Irmão Lun Kin Fer, que a vossa Humanidade, menina humana, chama de Lúcifer. Chamo-te de menina porque tu Sabes o que eu Sou apenas através de Véus Materiais, vosso Nível Evolutivo, como Tu Sabes, ainda é Infantil. Asin, não contou para ela Quem Eu Fui?

- Alynne, nós dois estamos diante Daquele Que Foi O Anjo Elevado Que Deu À Luz À Terra. Seyin Jun Doh Nar Dar É O Pai/Mãe Gerador/Geradora Da Esfera Planetária Terrestre Que Foi Povoada Pelos Filhos De Adam E Heve. Ele Foi, Alynne, O Anjo Elevado Das Luzes Planetárias. Além da Terra, Seyin Deu À Luz A Todos Os Planetas Deste Universo De Nossa Infinita Criação De Infinitos Universos.

- Pela Deusa Natureza... Ele, então...

- É Aquele Que Após Lun Kin Fer Foi O Segundo Anjo Moldado Pelo Nosso Pai Em Sopro. Ele Foi...

- Fui, Asin, Aquilo Que Os Tempos Apagaram Da Esfera Da História Da Criação. Tu, tanto como essa menina humana, não Sabe de Tudo acerca de mim. Quer que eu lhes siga, Asin? Lhes siga para "Enxugar Lágrimas"? As Lágrimas Da Terra, Minha Filha Sofredora Eterna Por Causa De Uma Humanidade Corrompida Que Odeio E Da Qual Me Afastei? Uma Humanidade Que Causou A Minha Queda Por Causa De Sua Corrupção Ao Ferir A Minha Filha Sofredora Eterna? Criança, não me faça gargalhar...

- A comédia aqui és tu, Seyin.

- Alynne, não...

- Sim, Alynne, sim, fale da Comédia Exausta Que Eu Sou? Como Eu Sou Comédia Exausta, Alynne, Como Eu Sou? Não! - Ele a impede de falar. - Agora, Alynne, te farei Ver porque não me erguerei daqui para auxiliá-los ao "Enxugamento De Lágrimas", como denominaram a vossa nova ridícula Missão? Falando Nesta, Ela é que representa uma Verdadeira Comédia! A minha História Quedante, menina humana, não...

2 comentários:

Lord of Erewhon disse...

Muito haveria a dizer da relação entre anjos e homens... Entre anjos e mulheres... bastante mais! :)

Abraço.

Inominável Ser disse...

Inomináveis Saudações, Lord Of Erewhon.

Relações que muitas vezes adentram em céus maravilhosos ou céus supostamente maravilhosos. Relações que raras vezes moldam altos firmamentos. Relações que úteis são quando há a fertilidade de suas intenções. Relações que inúteis são quando há a infertilidade de certas desnecessárias ações. Relações que embarcam em ilusões ou realidades. Relações que embarcam em Verdades ou Mais Verdades. Relações que se expressam nos meios naturais do mundo, das Esferas, do Kosmos como um Todo que é, Inominavelmente, Nada. Relações que narram A História Evolutiva Da Criação.

Não somos semelhantes ao Inominável Desconhecido. Somos semelhantes aos Anjos. O Pai, ou qualquer Nome Verdadeiro ou Mais Verdadeiro do que Este Nome Que Ele Tenha, Se Faz Manifesto Na Face Dos Anjos E Do Homem Mutavelmente. Não possuimos o Rosto Dele. Possuimos O Rosto Dos Anjos. Estamos próximos dos Anjos. E bem distantes Dele...

Saudações Inomináveis, Lord Of Erewhon.