segunda-feira, dezembro 04, 2006

A Missa Dos Loucos Anjos Caídos - Parte IX


- Miséria. Fome. Cansaço. Medo. Desespero. Dor. Doença. Angústia. O que mais se pode observar dentre todos os que vivem suas desgraças? O que mais se pode observar dentre os que residem pelas ruas, descalços, pedintes, acuados, surrados, queimados, espancados, mortos? O que mais causa espanto na Humanidade, o que mais a Esta faz beber da Bebida Da Desumanidade é a incapacidade de se auxiliar aos que caem pelas ruas em desgraça. Uma das Mães desta Humanidade vossa, Alynne, a Deusa Desgraça, Princípio alimentado por cada prato de desumana atitude de vossa Raça, possui Seu Trono ao longo de todas as ruas povoadas pelos desgraçados a passarem fome, fome de muitas coisas, fome de várias significações, fome de infinitas desintegrações. Foem miserável. Fome da fome. Fome do cansaço. Fome do medo. Fome do desespero. Fome da dor. Fome da angústia. Fomes... Bebidas De Todas As Fomes... Bebidas famintas... Estranha demais é a vossa Raça Humana, Alynne, mesmo Sabendo que os humanos da Terra estão em um processo evolutivo demorado e prolongado por milênios nos quais Quedantes todos se tornaram, estas minhas bêbadas asas ainda se fazem um pouco celestialemnte inocentes ao verem todas as desigualdades. Ricos e suas famílias ricas almoçam, lancham, jantam e tomam riquíssimos cafés-da-manhã enquanto familias que não possuem teto para se abrigarem comem lixo, os restos de bares e restaurantes. Ricos, os senhores do mundo terrestre! Ricos, os Onassis, os Justus, Bill Gates e sua corporação de mercenários que remetem-se apenas aos lucros com o comércio da Informática! Anjos Caídos conhecem o jogo sujo do capital, assim como conheciam o jogo sujo das nações que vieram a se denominarem "socialistas"! Socialismo inexiste, não há caridade verdadeira no meio dos interesses idealísticos... Ideais dos senhores do mundo? ENRIQUECER, ENRIQUECER, ENRIQUECER, ENRIQUECER, ETERNAMENTE ENRIQUECER!!! ENRIQUECER PELOS DIAS HUMANOS TODOS!!! ENRIQUECER PELAS ERAS HUMANAS TODAS!!! ENRIQUECER PELOS MILÊNIOS HUMANOS TODOS!!! ENRIQUECER ENQUANTO PAIS E MÃES ASSASSINADOS, EXTINTOS, INTERIORMENTE, PELAS RUAS COM OS SEUS FILHOS, FAMINTOS, SEGUEM EM SEU CAMINHAR PELAS BEBIDAS DA DEUSA DESGRAÇA, DA DEUSA MISÉRIA, DA DEUSA MALDIÇÃO, DA DEUSA FOME!!! ENRIQUECER É O MAIOR DOS GRAALS BUSCADOS PELA HUAMANIDADE TERRESTRE!!!! ENRIQUECER É A SINGULAR META DA HUMANIDADE INTEIRA!!! ENRIQUECER É O SONHO MAIOR DOS HUMANOS!!! ENRIQUECER É O OBJETIVO MAIOR DOS HUMANOS!!! ENRIQUECEEEEEEEEER!!!!!! ENRIQUECEEEEEEEEEEEEER!!!!!! ENRIQUECEEEEEEEEEER!!!!!! Poucos ou quase nenhum dos da vossa Raça Humana, Alynne, podem se dizer livre das ambições proporcionadas pelo Deus Dinheiro! Deus Dinheiro quando, qual pênis enrijecido, penetra no Ser daqueles que a Ele se prendem existencialmente! Deusa Dinheiro quando, qual vagina a vibrar sensualmente, um Ser deixa-se ser penetrado em todo o seu Eu pelos chamados das Bebidas Das Ambições! Ninguém, nenhum humano, mesmo o mais nobre, se é que os seres humanos atuais possam possuir alguma nobreza, se importa com as lágrimas dos que não possuem formas de, na rua, livrarem-se de suas misérias, livrarem-se de suas desgraças, livrarem-se de suas diárias Quedas! Banidos dos interesses estatais, sendo estes todos dominados pelos interesses das grandes corporações servidoras do Deus/Deusa Dinheiro, eles bebem solitariamente as suas tragédias, as suas desesperanças, as suas lacrimosas andanças pelas lamas de todas as ruas! Não, esperança extinta! Não, amor, AMOR, "amor" algum lhes é dado, tudo é pura hipocrisia, tudo é pura mentira! Bebi com mendigos e indigentes infinitas bebidas! Diferente de ti, Asin, de alguma maneira eu me importei com as lágrimas deles! Mesmo Louca, mesmo sendo uma dos Loucos Anjos Caídos, eu com eles me importei

Segurei nas penosas mãos daqueles
Que choram pelas calçadas
De nenhuma menção a uma ascensão.
Segurei em todas as mãos
Que pedem sempre pelo pedaço
De um pão
Ou pelo pedaço de um carinho
Ou de um olhar qualquer
Dos transeuntes sempre em ação.
Segurei nas mãos das crianças
Que choravam esfomeadas
E descalças
E raladas
No corpo
E na mente
E na alma
E com elas pude
Verter algumas lágrimas
E todas as minhas lágrimas.
Segurei nas mãos dos pais das crianças
E nas mães eu vi
Dor e desesperança
E nos pais vi
Dor e desesperança
E em mim
Anjo Caído Das Bebedeiras Humanas
Vi eterna dor
E vi eterna desesperança.
Segurei nas mãos deles
E bebi
A Grande Bebida Da Fome
D'alma
E d'espírito
E do corpo.
Cai com eles.
Minhas asas cairam nas
Mãos deles.
Elas foram mastigadas.
Elas hoje sangram.
Elas hoje estão bêbadas
E sangram.
E eu bebo por todos os famintos
E por todos os desgraçados
E por todos os miseráveis
E por todos os malditos
Lançados às calçadas de todas
As ruas humanas
Encharcadas pela cerveja podre
Dos bares da humana desigualdade.

Zaah sorve, ao mesmo tempo, quatro garrafas de cerveja, duas em cada mão.

Alynne está a chorar.

Eu estou a...

Não, eu não posso chorar...

Eu jamais chorei Vendo a todos esses sofrimentos que fazem Zaah eternamente sofrer.

Os Loucos Anjos Caídos não são apenas Seres Quedantes Todo Devotados A Kain.

Não o são porque neles ainda pulsam As Raízes Das Árvores Das Verdades Altas.

Não o são porque ainda São do Alto, mesmo Quedantes.

Ainda são do Alto, mas a Este Alto não retornarão mais.

Fomes...

Fomes...

Fomes...

Infinitas fomes na Humanidade Terrestre...

A fome dos providos de recursos...

A fome dos desprovidos de recursos...

Ao fim, no entanto, todos, sejam providos ou desprovidos de recursos, são puramente esfomeados.

Fome de algo que enquanto humanos a deixarem crescer a desigualdade jamais compreenderão.

O Algo pelo qual os humanos sentem tanta fome...

O Algo que talvez nem todos os humanos terrestres venham a saborear...

Nenhum comentário: