sexta-feira, novembro 10, 2006

A Espada Quebrada Da Deusa Justiça


A Justiça Celeste falha. Na Imaterialidade Também Repousa A Grande Falha De Todas As Formas. Se fosse Infalível, se fosse Imutavelmente Infalível, nenhum Daqueles Que Sorvem As Seivas Celestes Eternas Compreenderia A Mutabilidade De Todas As Coisas Da Criação. A Justiça Humana falha. Tudo na Matéria, todo o Objetivo Da Matéria, é levar à falha todo empreendimento de julgarem-se as ações dos Seres Moldados sem compreender-lhes o porquê de tomarem partido dessas ações. Tanto no Alto como no Baixo, A Deusa Justiça Empunha Uma Espada Quebrada. Se houvesse Justiça Verdadeira na Criação, se O Equilíbrio Das Esferas não tivesse sido afetado pelas Quedas Angélicas, haveria A Verdadeira Paz e tudo seria O Alto. Mas, essa mesma Verdadeira Paz nada aos Seres Da Criação ensinaria. Necessárias São As Injustiças Para Que A Força Evolucionária De Todas As Almas Eternas Seja A Força Mãe De Toda Vontade Propensa A Evoluir Até As Esferas Do Alto.

Espada Quebrada. Espada Quebrada Em Suas Vibrações. Espada Quebrada Em Suas Expansões. Espada Quebrada Para A Criação. Justiças pequenas existem. Justiças grandiosas existem. Mas, nenhuma delas é A Deusa Justiça, este Princípio Perdido, Perdido desde A Primeira Queda Angélica. Neste Tribunal Das Eras Terrestres, neste Vale Da Justiça Perdida Na Terra, posso Ver as justiças humanas. Atos de crueldade que receberam as respostas devidas. Atos de covardia que receberam as respostas devidas. Atos de aniquilação que receberam as respostas devidas. Mas, nenhuma das inúmeras respostas das justiças humanas foi suficiente para condenar eternamente um Ser que cometera graves crimes à Prisão Imaterial Do Vagar Sem Rumo Pela Criação. Os criminosos, de todos os tipos, obtém de Ti, Meu Pai Em Sopro, todas as Liberdades Infinitas para serem o que são. Em todas as Esferas Baixas é assim. De mundo a mundo, é assim. Na Terra, é assim. A Resposta De Todo Criem É Dada Ao Criminoso Pelo Próprio Encontro De Sua Parcela Material Com A Sua Parcela Imaterial. O Eu Celeste É O Juiz Do Eu Que Pratica O Crime. Não se deve procurar a Deusa Justiça nos tribunais dos mundos do Baixo. Tribunais humanos são quiméricas tentativas de contato com A Deusa Justiça Em Verdadeira Face. Ela está no Interior daqueles que se eternizam através de seus crimes. A Resposta Advém Sempre Da Parcela Inocente D'Alma Do Praticante De Um Crime.

A Deusa Justiça possui a Sua Espada Quebrada, mas esta mesma Espada Quebrada se materializa no Eu Celeste de todos os Seres Materiais como A Mãe Julgadora. Sua Lâmina Quebrada, apesar de representada como perfeitamente completa, inateravelmente indestrutível, Julga A Todo Ato Humano. Assim também é com os Anjos Elevados e com os Anjos Caídos. Justiça Eterna Apenas No Interior D'Alma De Todo Ser Vosso, Meu Pai Em Sopro. Em meio às Guerras Internas, o insano batalhar das ilusões do Bem e do Mal, A Balança Da Deusa Justiça Regida Pelos Anjos Elevados Da Justiça Pesa Na Própria Alma Eterna Dos Seres A Estatura De Cada Ato Praticado E De Cada Fato Vivenciado E Executado. O Verdadeiro Julgamento Advém Da Alma Eterna. Na Essência Celeste Dos Anjos Elevados A Deusa Justiça Eterniza-Os Como Condenados A Jamais Cairem. Na Essência Quedante Dos Anjos Caídos A Deusa Justiça Eterniza-Os Como Condenados A Sempre Cairem. Na Essência Elevada Dos Humanos Elevados A Deusa Justiça Eterniza-Os Como Condenados A Elevarem-se Evolutivamente. Na Essência Quedante Dos Humanos Quedantes A Deusa Justiça Eterniza-Os Como Condenados A Sempre Cairem.

Equilíbrio assim?

Não, Desequilíbrio.

Atormentada é a Deusa Justiça.

A Deusa Justiça quer ser completa para toda a Criação.

A Deusa Justiça quer ser A Guia Da Criação.

A Deusa Justiça quer erguer a Sua Espada para igualar em Condições Existenciais a todos os Seres.

A Deusa Justiça não quer divisões.

A Deusa Justiça não quer Anjos Elevados.

A Deusa Justiça não quer Anjos Caídos.

A Deusa Justiça não quer Humanos Elevados.

A Deusa Justiça não quer Humanos Quedantes.

A Deusa Justiça quer todos Unos Contigo, Meu Pai Em Sopro.

Mas, a Deusa Justiça Sabe que todos os Seres estão ainda condenados à Separatividade...

2 comentários:

Klatuu o embuçado disse...

Não há qualquer dúvida que muito da Voz está em ti... mas precisas de te unir... precisas de «morrer»... de não ser dentro de ti para que o Anjo seja dentro de ti... A sabedoria angélica é difícil... e a sua recepção é sempre perturbada pelo receptáculo... pelo Vaso... humano... É precido que sejas apenas Vaso... e não homem... para que dentro de ti a Voz do Anjo seja somente a Voz do Anjo.

O Caminho é difícil... sente a Voz, não a interpretes, «morre» dentro da Voz para que a Voz viva.

Lux Maxima!

P. S. Gostei muito do teu comentário no Crónicas da Peste.

Lord of Erewhon disse...

Errata: «é PRECISO que sejas apenas Vaso».

P. S. Detesto erros... :)