quinta-feira, novembro 09, 2006

As Dores Da Oculta Mãe Do Mundo


Horrores. Horrores de Anjos Elevados. Horrores de Anjos Caídos. Horrores de humanos. Meus próprios horrores... Após rondar a Terra e os seus Vales Ocultos nesta minha Nova Caminhada, chego a me perguntar hoje qual seria o sentido de tudo o que estou a fazer. Seria Deusa Loucura, este Princípio Maior Da Criação, me guiando nestas minhas mais recentes Quedas? Estaria eu, Caindo Em Novo Cair, ficando louco? Que sanidade possuem, afinal, os Seres Caídos? Após Ver o que se passa também com os Anjos Elevados, propensos a travarem uma guerra contra o predomínio dos mais Quedantes Que Do Alto Caem, duvido agora que Neles haja sanidade... A Loucura Das Formas enlouquece a todos aqueles que não retiram de seus Eus as máscaras da Oculta Loucura que os guia sem saberem. As Visões que ultimamente tenho tido... Passado... Presente... Futuro desta Humanidade Do Baixo... Futuro desta Humanidade terrestre... Um ponto de Sanidade, da Deusa Sanidade, há entre todos os gritos de sangue, de dor, de morte, de ódio, de descrença, de perdição, de angústia, de sofrimento, de tristeza, de impiedade, enfim, entre as danosidades de uma Esfera Planetária tão Quedante. A Mãe, A Mãe Do Mundo, A Grande Mãe Terrestre, chora. Chora. Ela chora, Vendo Seus filhos humanos, os que estão dominados pelos vícios dos Princípios De Kain, descerem Os Degraus Das Escadas Do Mais Baixo ao invés de estarem a subir Os Degraus Das Escadas Do Mais Alto.

A Mãe Do Mundo, A Oculta Mãe Do Mundo, daqui desta inominável montanha terrestre dominada pela inominável neve, a mais pura de todas as coisas materiais terrestres, Vejo chorar. A Dor Dela me comove, mas Anjos Caídos sempre choram... Conheço A Oculta Mãe sob vários nomes... Vários Nomes Em Nenhum Nome... Várias Essências De Uma Essência... Várias Fontes De Poder De Uma Fonte De Poder... Toda Mãe Verdadeira É Ela, Ela que inominavelmente a mim Revela as Suas Lágrimas. Amargamente, as Suas Lágrimas são os aconchegantes bálsamos para alguns humanos sofredores que mais dignamente se ajoelhem diante Dela, reconhecem-Na e adoram-Na em Oculto Silêncio. Anjos Elevados que pela Terra transitam a Ela erguem seus olhares e orações pedindo Forças para continuarem com as Suas Missões. Anjos Caídos que ainda partilham da Seiva Do Alto erguem seus olhares e, humildes, abaixando as suas asas caídas, pedem por Redenção e pelas Forças que os façam continuarem no Caminho Do Retorno Ao Alto. Eu peço a Ela agora que me dê apenas as suas Ocultas Lágrimas... Preciso Delas... Elas são como Lembranças Do Alto... Lembranças lá do Alto...

Reduzido estou aqui. Reduzido estou. Meus pensamentos mais me reduzem. A calamidade do meu Ser mais me reduz. Estou Caminhando sozinho, como sempre Caminhei. Meu Pai Em Sopro, Criador, aonde, aonde, aonde, poderei enfim chegar Caminhando entre os Abismos deste mundo que não ouve o Choro De Sua Oculta Mãe? Aonde, aonde, aonde, ouvirei O Cântico Alto Da Paz neste mundo onde a Deusa Guerra, em todos os sentidos, faz A Oculta Mãe chorar?

Meu Pai Em Sopro, Criador, devo, devo, devo, continuar neste meu Novo Caminhar! Oculta Mãe Do Mundo, que clamor, que clamor, que clamor, por Ti, estou a ouvir em mim mesmo aqui me fazendo pássaro de céus que se erguem infinitamente nos horizontes do meu Alto Interior! Existe A Paz! Existe A Paz! Existe A Paz! A Paz, Oculta Mãe Do Mundo, é nunca pensar que cada Caminhar está findado! A Danosa Loucura é estagnar-se! A Maior Loucura, A Alta Loucura, A Construtiva Loucura É Continuar A Tecer Em Cada Passo Do Caminhar Cada Vez Mais Um Novo Caminhar! Loucura Tudo É! Da Loucura Advém Toda A Criação! Da Loucura De Formar Uma Criação Advém A Loucura Da Criação Formada! Louco É O Pai Inominável Da Criação! Louco É O Alvorecer De Toda A Criação! Sagrada É A Deusa Loucura, Pois Sem Ela Tudo Seria Apenas O Vazio Sem Forma Do Eterno Infinito Nada Verdadeiro!

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte dessa Loucura Das Formas.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte de Ti, Meu Pai Em Sopro.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte dos Seres Elevados, dos Arcanjos aos Mais Altos Até Ti, Meu Pai Em Sopro.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte dos Anjos Elevados.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte dos Anjos Caídos, de todos, sem exceções.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte de todas as Humanidades Do baixo.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte desta Humanidade terrestre.

As Dores Dela, da Oculta Mãe Do Mundo, fazem parte de mim.

Loucas Dores fortalecedoras e enfraquecedoras.

Enfraqueço-me nelas.

Fortaleço-me nelas.

O Hospício, O Grande Hospício, É A Criação.

A Sanidade Da Loucura Das Formas É Pura Dor.

Tudo É Moldado Por Vós, Meu Pai Em Sopro, em Dor.

Pois Tu Sabes, Meu Pai Em Sopro, Como A Oculta Mãe Deste Mundo E As Ocultas Mães De Todos Os Mundos, Que Tudo Que Tu Moldas Possui A Tendência Dolorosa Para O Doloroso Cair.

Nenhum comentário: